A Dama Dourada – Helen Mirren e Ryan Reynolds pelo diretor Simon Curtis

O diretor do comovente drama “A Dama Dourada” Simon Curtis conta como foi trabalhar com a Dama Helen Mirren, vencedora do Oscar por “A Rainha”, e Ryan Reynolds (A Proposta).
Adaptação para o cinema dos fatos da vida de Maria Altmann e Randy Schoenberg e inspirado no livro “A dama dourada: a extraordinária história da obra-prima de Gustav Klimt, Retrato de Adele Bloch-Bauer”, escrito pela jornalista Anne-Marie O’Connor, “A Dama Dourada” narra a excepcional jornada, baseada em fatos reais, de uma mulher para reinvidicar sua herança e procurar justiça para o que aconteceu com sua família.
“A Dama Dourada” (Woman in Gold) é a mais nova produção assinada pelo diretor Simon Curtis (“Sete Dias com Marilyn”), estrelado pela Dama Helen Mirren (“A Rainha”, “Red: Aposentados e Perigosos”) e também por Ryan Reynolds (“A Proposta”, “Protegendo o Inimigo”) e Daniel Brühl (“Rush: No Limite da Emoção”, “O Homem Mais Procurado”).
Sessenta anos depois de fugir de avião de Viena, durante a Segunda Guerra Mundial, uma senhora judia, Maria Altmann (Helen Mirren), começa a sua jornada para recuperar os bens de sua família apreendidos pelos nazistas, entre eles a obra-prima do pintor Gustav Klimt “Retrato de Adele Bloch-Bauer”.

A Dama Dourada – Helen Mirren e Ryan Reynolds pelo diretor Simon Curtis
Avalie esse post

Deixe uma resposta